Governadores do Nordeste se reúnem em Salvador nesta segunda-feira

0
21

Os nove governadores do Nordeste se reúnem em Salvador, nesta segunda-feira (29/7), para mais um encontro do Consórcio Nordeste, entidade que reúne todos os governadores da região e que tem Rui Costa como presidente.

Os principais pontos a serem discutidos na reunião, marcada para iniciar às 8h30, no Centro de Operações e Inteligência (COI), no Centro Administrativo da Bahia, o incremento da oferta de serviços de saúde e o processo único de compras para os estados, entre outros assuntos. O encontro também marcará a formalização do Consórcio Nordeste.

No domingo (28), Secretários de Comunicação dos Estados do Nordeste se reuniram no mesmo local para apresentar ideias e propostas sobre comunicação digital e analógica para a região.

A reunião teve o secretário de comunicação do Estado da Bahia, André Curvello, como anfitrião, e consolidou a comunicação como estrutura fundamental para a concretização das estratégias e parcerias do Consórcio Nordeste.

Durante o evento, o diretor geral do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb), Flávio Gonçalves, apresentou projetos de TVs educativas.

Sobre o Consórcio

Formalizado em maio de 2019, o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste, cuja proposta original é de autoria do Estado da Bahia, é um instrumento para a realização de ações e compras de produtos e serviços envolvendo todos os estados nordestinos e visa, dentre outros aspectos, a redução dos gastos públicos.

O texto do Consórcio foi redigido de forma conjunta pelas Procuradorias Gerais dos Estados do Nordeste que se reúnem periodicamente durante os encontros do Fórum Permanente dos Procuradores Gerais dos Estados do Nordeste para tratar de assuntos comuns e de interesse dos seus estados.

O Consórcio propõe uma atuação conjunta para fortalecer o poder de negociação dos estados na aquisição de equipamentos, produtos e serviços, além de ações integradas nas áreas de desenvolvimento econômico e social, infraestrutura, tecnologia e inovação, segurança pública, administração prisional e proteção do meio ambiente, dentre outras que se fizerem necessárias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here