Com participação ativa, moradores da Caixa D’Água lotam audiência pública do Planos de Bairro

0
36

A comunidade do bairro Caixa d’ Água em Lauro de Freitas compareceu em peso a audiência pública do Planos de Bairro realizada na noite desta quarta-feira ( 22), na Escola Municipal Catarina de Sena. Durante o encontro, a população pôde opinar sobre questões relacionadas à localidade e apresentar os pontos positivos e os que precisam de ajustes em períodos estipulados a médio e longo prazo.
De acordo com a prefeita Moema Gramacho, a ação é parte integrante a revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal (PDDM) que acontece a cada dez anos. “Nós iniciamos a construção do PDDM em 2005 e finalizamos em 2008. A lei determina que a cada década o Plano seja revisado e como estamos numa gestão democrática e participativa nada melhor do que ouvir o povo que é parte prioritária no processo”, explicou.
Mais de 300 pessoas da comunidade se dividiram em quatro grupos e responderam a questões no intuito de avaliar os pontos fortes e em desenvolvimento da região. Essa é a terceira audiência de 22. Serão realizados um encontro em cada bairro, mas a metodologia para recolher as informações é a mesma. São formados quatro grupos, cada grupo escolhe seu relator e define as propostas imaginando como seria seu bairro daqui a dez anos.
“O objetivo é nos planejarmos, como ocorre nas grandes cidades do mundo. Todas essas proposições serão condensadas para a formação de uma minuta que dará origem ao Projeto de Lei que será encaminhado à Câmara Municipal dos Vereadores para ser votado”, disse o secretário de Governo, Luís Maciel.
Com 1,4 quilômetros, cerca de 2% do território de Lauro de Freitas, o bairro tem como pontos positivos, na visão dos moradores, o bambuzal, coleta de lixo periódica e transporte; pleitearam agora uma escola de nível médio, quadras poliesportivas e áreas de lazer como necessidades prioritárias da Caixa D’ Água.
Moema se comprometeu a buscar uma área no bairro para a construção de um equipamento que una num só espaço esses requerimentos e pontuou, como resposta a questões sobre saúde, a vinda do Hospital Metropolitano, Policlínica de Saúde, PA do Centro, transformação do Menandro de Faria em Maternidade e adaptação do Nelson Barros a Posto de Saúde do Trabalhador.
A comunidade de Aracuí será a próxima a ser ouvida. O encontro acontecerá no dia 29, na Escola Municipal Itamar de Oliveira Rodrigues às 18h. A dona de casa, Ana Sousa que participou da construção do Plano em Caixa D’ Água, convida a população a comparecer. “É muito importante estamos nesses espaços em que as políticas públicas acontecem. Essa gestão nos dá uma oportunidade única onde o povo aponta o que precisa. Então compareçam e participem!”, disse.

Jornalista Giovanna Reyner
Fotos Danilo Magalhães
ASCOM/PMLF

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here